Canastra de Roupa com asas – Large Algarve Cane Cloths Basket with handle | VERY TÍPICO
    0 produtos   –   0,00 €

Carrinho de Compras ×

Não existem produtos no carrinho


Canastra de Roupa com asas – Large Algarve Cane Cloths Basket with handle



45,00 €  


Adicionar ao Carrinho


Quantidade

Canastra de Roupa com asas – Large Algarve Cane Cloths Basket with handle


A nossa Cesta de Roupa pretende recuperar uma da funções secularse da utilização da canastra que é o tratamento da roupa.

Pode personalizar a sua canastra em altura e diâmetro. 

Contacte-nos. 

Dimensões:

  • Diâmetro: 50 cm
  • Altura: 35 cm
  • Material: Cana Algarvia grossa

Local de fabrico: Concelho de Alcoutim

Peso: 1285 gr

Relembramos que está a adquirir uma peça única, produzida de forma totalmente manual pelos nossos artesões no concelho de Castro Marim.

Como é um material de origem vegetal, é normal que a cor do mesmo escureça ligeiramente após a sua utilização

Curiosidades:

As canastras eram feitas por Homens, em cana, de tamanhos diferentes conforme a utilização a quer era destinada e tinham sempre duas asas.

As canastras tinham várias utilizações, como por exemplo:

  •  Nelas se transportava a palha que se colocava nas manjedouras para alimento dos animais;
  • Era utilizada para armazenamento do figo seco. Depois de devidamente tratado, tendo passado pelo forno e pelo escaldar. Aqui ficavam para o consumo anual da família que os utilizava muitas vezes como alimento quando saiam para os trabalhos de campo.
  • Noutra canastra eram armazenados os figos rejeitados e que se destinavam à alimentação dos animais.
  • Outra utilização muito praticada tratava-se da preparação da azeitona, que se salgava, destinada ao fabrico do azeite e que tinha lugar nas queijeiras.
  • Em canastras pequenas (como alternativa aos cestos e aos cortiços) preparavam as azeitonas mais gradas, principalmente as maçanilhas roxas que constituíam as chamadas “azeitonas de sal”, muito típicas desta região.
  • Enquanto a roupa “fina” era colocada na arca de castanho, a de trabalho guardava-se em canastras.
  • As mulheres utilizavam-nas para levar a roupa suja aos pegos dos barrancos próximo para procederem à lavagem, utilizando-a igualmente no regresso

Texto adaptado do texto de José Varzeano extraído de Alcoutim Livre



×